Será que longe, ouves a mesma canção?

 

Aquela em que te amo, que sempre cantarei

Alegremente, pra toda a gente

Em que te amo assim, perdidamente

No que por ti, me transformei...

Será que longe, ouves a mesma canção?

Aquela humilde, que me põe no teu coração...

Mostra-me como posso te amar,

Que trovão devo silenciar,

Que montanha devo erguer,

Que rimas te escrever...

Será que longe, ouves a mesma canção?

Aquela bonita, que me põe no teu coração...

Aquela que fala de saudade, amor e sentir

De saber amar, que não é fácil ou do vazio

De deixar amar, de nadar contra o rio

Aquela que ouves e te faz sorrir...

Será que longe, ouves a mesma canção?

Aquela profunda, que me põe no teu coração...

Que te sussurra  para ligares pra mim

Que te dá uns arrepios bons...

Que te faz amar-me assim...

Que te faz sentir perfeita, mesmo nos tons...

Será que longe, ouves a mesma canção?

Aquela fácil, que me põe no teu coração...

Que te faz esquecer de ti própria

Que faz de todos, um dia perfeito

Que te faz olhar pra tudo de outro jeito

Que te faz sonhar, de noite ou de dia...

Que te faz sentir tão bem, tão amada

Em um dia perfeito, infinito

Em que foste feliz, acordada

Que torna tudo tão simples, tão bonito...

Será que longe, ouves a mesma canção?

Aquela alegre, que me põe no teu coração...

Aquela que te faz perder as chaves de casa

O chão, as palavras e a concentração

Perguntar onde estou agora...

Se te tenho no coração...

Depois de achar, depois de experimentar

O amor sobre as ondas do mar,

De noite se escapa, um suspiro

Um “ai”, que te tiro...

E aquela canção, que longe estás a escutar

É súplica do teu coração, pra me amar...

 

Skin - Dont Let Me Down

poison   

 

Voltar